segunda-feira, 11 de maio de 2015

TREZENTOS E SESSENTA E CINCO DIAS

6:22 - OBRIGADO

TREZENTOS E SESSENTA E CINCO DIAS.
Poderia apontar as horas, os minutos e tudo isso, mas acho mais sucinto dizer que faz UM ANO. Um ano do melhor final de semana da minha vida.
Um ano que vi os meus meninos, os CINCO meninos que mudaram minha vida, seguraram minhas mãos para que eu não caísse, os cinco que eu admiro e amo acima de suas burradas e escrotisses.
Depois do dia 25 de março esses shows tiveram outro gosto, eu tive a honra de vê-los juntos e pude cantar junto e viver um momento, que agora mais que nunca, foi único.


Eu já desgastei essa história de tanto contá-la e em algum lugar na internet deve haver os pormenores que contei e contei sobre o que aconteceu em relação ao show, mas se tiverem alguma curiosidade é só perguntar para meus amigos, eles sabem tudo pormenorizadamente, então.
Mas eu quero agradecer aqui não pelos cinco meninos que subiram no palco naquele final de semana e toda a banda, segurança, produção que fez daquele sonho meu e de milhares de meninas real e lindamente lindo, mas quero agradecer aos meus pais por me proporcionarem a chance de ter ido, um dos ingressos, a estadia no hotel e, principalmente, a confiança que eles demonstraram ter por mim ao me deixar passar quatro dias longe de casa, dormir numa fila e em momento algum desconfiarem de mim. A oração (potente e decisiva) da minha mãe.
Quero agradecer pelos amigos que fiz, pelas pessoas que tive a grande honra de ter conhecido naquele final de semana, que torceram, rezaram por mim para que “o plano” desse certo, por ter ainda, depois desse um ano, amigos que lá fiz e que quero levar pra vida toda.
Pelos amigos que mesmo não sendo fãs dos meninos, torceram por mim a cada dia, sofreram com minhas crises pré e pós shows, choraram comigo e quase morreram de alegria comigo também. (Obrigada por escutar e ver atentamente minha encenação do Harry e o livro as milhares de vezes que a fiz)
Quero agradecer a Deus por tudo e dizer que um ano fez muita diferença, coisas absurdas mudaram, a banda, o fandom, o Brasil, eu não somos mais os mesmos. E sabe, foi um ano tão incrível que eu só posso crer que precisou de um sonho tão grande ter se realizado tão perfeitamente para dar inicio a ele.
Que venham os próximos shows e sabe a grade? Vou fazer de tudo para estar lá de novo.
;)

Nenhum comentário:

Comentário